Skip to content

ATM

Postado por - 16 de dezembro de 2014 - Blog

Dores no rosto podem ter origem nos dentes e articulação da boca ATM.
Muitas pessoas não sabem mas dores na face podem ter origem odontológica.

Existem problemas dentários que ficam silenciosos e tem como único sintoma uma cor no rosto. Pode ser o caso de abcesso dentário, o que é um fator muito comum para emergência dentária.

Outas dores no rosto podem ter origem na articulação da boca, a chamada ATM. Essa articulação pode ter ainda estalos e ruído. A causa é variada e pode ir de dentes mal posicionados a doenças na articulação. Outros sintomas são dores de cabeça frequentes, muitas vezes confundidas com enxaqueca.

Alguns pacientes passam por vários profissionais como neurologista, otorrino, especialsitas em dor, para então ir até o dentista e descobrir o motivo da dor.

O que é?

A Disfunção da ATM é o funcionamento anormal da articulação têmpor-mandibular, ligamentos, músculos da mastigação, ossos, dentes e estruturas de suporte dentário.

Quando existe a disfunção, o paciente apresenta sintomas como dor de cabeça, dor ou zumbido de ouvido, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, ruídos articulares (Estalos) e dificuldae para abrir a boca.

A disfunção de ATM tem origem no engrenamento dentário errado e normalmente está relacionada a hábitos comuns como o apertamento dentário e o bruxismo do sono (Ranger de dentes durante a noite), morder objetos estranhos, roer unhas, prender o telefone com o queixo ou ainda apresentar fatores relacionados ao estresse, depressão, ansiedade ou eventos de grande trauma emocional.

O tratamento adequado das disfunções da ATM é de grande importância para que seus efeitos não influenciem negativamente a qualidade de vida do indivíduo. As estruturas da ATM apresentam íntima relação com as funções da alimentação, fonação e respiração  e também estão ligadas à aparência, auto-estima e expressão facial. Assim sendo pode afetar profundamente o indivíduo e seu diagnóstico deve ser feito o mais breve possível para que o tratamento possa devolver ao paciente bem estar e qualidade de vida.

 

Posts relacionados...

Comentários

Diga-nos o que você pensa.

Não há comentários sobre esta entrada.